Ex-BBB e advogada Adélia Soares abandona defesa da Choquei no caso Jessica Caned

Destaque para a acusação de que a Choquei contribuiu para a morte de uma jovem de 22 anos após disseminar fake news sobre seu suposto envolvimento com Whindersson Nunes.

Discussão sobre o comunicado de defesa emitido pelo escritório de Adélia Soares em nome da Choquei, gerando repercussão negativa.

Adélia Soares esclarece que seu escritório não atuará na defesa da Choquei e de seu criador em um possível processo, destacando uma decisão institucional.

Adélia Soares reforça que o escritório emitiu apenas uma nota e não participará na defesa, enfatizando a delicadeza do caso.

Destaque para o apelo da advogada à consciência pública, enfatizando a importância de analisar cuidadosamente as situações antes de se posicionar.

Adélia alerta sobre os ataques nas redes sociais contra a Choquei, pedindo que o público evite o "efeito manada" ao julgar situações delicadas sem informações completas.

Discussão sobre a necessidade de analisar com minúcia situações delicadas como essa, evitando conclusões precipitadas.

Revelação de mensagens recebidas pelo escritório, evidenciando a pressão e o "efeito manada" que podem influenciar julgamentos precipitados.

Adélia destaca a importância de mais consciência online, apelando para que as pessoas ouçam ambos os lados antes de emitir julgamentos.

Adélia Soares alerta sobre a responsabilidade do público ao emitir julgamentos, comparando o potencial impacto do "efeito manada" nas redes sociais.

iscussão sobre a necessidade de reflexão coletiva para um ambiente online mais saudável e menos propenso a julgamentos precipitados.

Breve conclusão do caso e último apelo de Adélia Soares à audiência, incentivando a conscientização e a empatia nas interações online.