CPI padre Julio Lancellotti

CPI padre Julio Lancellotti

Blog By No Comments

CPI padre Julio Lancellotti

Compreendido! Aqui está uma versão reescrita do artigo:

A Câmara Municipal de São Paulo está prestes a iniciar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar organizações não governamentais que operam na região da Cracolândia, área no centro da capital paulista frequentada por usuários e dependentes de drogas. O padre Júlio Lancellotti será um dos principais focos desta comissão. As assinaturas necessárias foram coletadas, e o pedido foi protocolado em 6 de dezembro do ano passado. No entanto, a instalação imediata da comissão não é garantida, pois há uma fila de outras propostas de CPIs na Câmara, e o requerimento ainda precisa ser aprovado.

O requerimento afirma que a CPI terá como objetivo “investigar as ONGs que fornecem alimentos, utensílios para uso de substâncias ilícitas e tratamento aos grupos de usuários que frequentam a região da Cracolândia”. O vereador Rubinho Nunes (União Brasil), um dos cofundadores do MBL (Movimento Brasil Livre), é o autor da proposta. Ele destacou que o principal alvo da CPI será o padre Lancellotti, conhecido por seu trabalho de longa data no cuidado de pessoas em situação de rua na cidade de São Paulo. O movimento “A Craco Resiste” também será investigado por esta CPI.

O vereador Nunes explicou nas redes sociais que a CPI é uma medida legítima e necessária. Em resposta, o padre Júlio Lancellotti esclareceu que, embora reconheça a legitimidade das CPIs, ele não faz parte de “qualquer organização da sociedade civil ou organização não governamental que utilize convênio com o poder público municipal”. Ele ressaltou que a Pastoral de Rua, onde atua, é uma iniciativa pastoral da Arquidiocese de São Paulo, não estando vinculada às atividades mencionadas no requerimento para a criação da CPI.

O movimento “A Craco Resiste” também emitiu uma declaração, esclarecendo que não é uma ONG, mas sim um projeto de militância que visa resistir contra a opressão e apoiar aqueles que enfrentam as dificuldades na região da Cracolândia.

O debate em torno da CPI promete esquentar, com diferentes perspectivas e declarações sendo apresentadas pelas partes envolvidas. A cidade de São Paulo aguarda o desdobramento desta investigação, que pode ter implicações significativas para as organizações em questão e para o trabalho social na região da Cracolândia.

No Comments

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As 10 melhores tatuagens femininas no ombro tatuagem feminina no pescoço As 10 melhores tatuagens femininas no braço MELHORES IDEIAS DE TATUAGEM PARA MULHERES BBB 24: veja a lista completa de participantes