Coreia do Norte

Tensões Aumentam na Península Coreana: Coreia do Norte Dispara Mais de 200 Projéteis em Fronteira Disputada com o Sul

Blog By No Comments
Coreia do Norte

Sem plagio na língua portuguesa SEUL (Reuters) – No último sexta-feira, a Coreia do Norte lançou mais de 200 projéteis de artilharia nas proximidades de uma fronteira marítima disputada com a Coreia do Sul, intensificando as tensões entre os rivais e levando o Sul a adotar medidas “correspondentes” com exercícios de fogo real.

Os disparos levaram os habitantes de duas ilhas remotas sul-coreanas na fronteira marítima ocidental a buscar abrigo em bunkers, conforme as instruções das Forças Armadas da Coreia do Sul, antes de responderem com tiros reais em direção à fronteira disputada da Linha de Limite Norte (NLL).

Os disparos da Coreia do Norte não resultaram em danos civis ou militares no Sul, conforme relatado pelas Forças Armadas sul-coreanas.

“Isso é um ato provocativo que aumenta a tensão e ameaça a paz na península coreana”, afirmou o ministro da Defesa da Coreia do Sul, Shin Won-sik, enquanto supervisionava os exercícios de tiro.

Todos os projéteis de artilharia norte-coreanos atingiram o lado norte da fronteira marítima, afirmou o porta-voz militar sul-coreano Lee Sung-joon em uma coletiva de imprensa, acrescentando que os militares sul-coreanos têm monitorado os movimentos do Norte ao longo de sua costa com a cooperação dos militares dos Estados Unidos.

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul informou que as brigadas de fuzileiros navais estacionadas nas ilhas Yeonpyeong e Baengnyeong dispararam no mar ao sul da fronteira NLL, demonstrando uma “resposta operacional esmagadora”. Os exercícios sul-coreanos envolveram artilharia mecanizada e tanques.

A China, principal aliada política da Coreia do Norte, instou à moderação e pediu que ambos os lados retomassem o diálogo.

Yeonpyeong abriga pouco mais de 2.000 residentes e tropas estacionadas no local, cerca de 120 km a oeste de Seul, sendo acessada por balsas que levam mais de duas horas e meia.

Leif-Eric Easley, professor de estudos internacionais da Universidade Ewha, em Seul, observou que não é incomum a Coreia do Norte realizar disparos de artilharia na área durante os exercícios de inverno.

“O que é diferente este ano é que… Kim Jong-un negou publicamente a reconciliação e a unificação com o Sul”, declarou ele. Em comentários feitos durante uma importante reunião partidária na semana passada, o líder norte-coreano afirmou que a unificação com o Sul não era possível e que Pyongyang estava mudando fundamentalmente sua política em relação ao Sul, agora considerado um Estado inimigo.

As águas próximas à disputada NLL foram palco de diversos confrontos mortais entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul, incluindo batalhas envolvendo navios de guerra e o afundamento de uma corveta sul-coreana em 2010, acredita-se que tenha sido causado por um torpedo norte-coreano, resultando na morte de 46 marinheiros.

No Comments

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As 10 melhores tatuagens femininas no ombro tatuagem feminina no pescoço As 10 melhores tatuagens femininas no braço MELHORES IDEIAS DE TATUAGEM PARA MULHERES BBB 24: veja a lista completa de participantes